Show Site Comunicação Integrada
Blog Linkedin Twitter Youtube Facebook

(31) 3234-3244

Quando procurar um psicólogo?

INTRODUÇÃO:

Amigo (a) visitante, apresentamos, logo abaixo, as três situações que mais frequentemente levam uma pessoa a buscar nossos serviços de Psicologia. Veja se você consegue se perceber em alguma delas.

CIRCUNSTÂNCIA 1 – FASE DIFÍCIL NA VIDA:

Geralmente você está passando por uma fase em que se sente emocionalmente abalado, (a) em virtude de algo (ou uma somatória de fatores), que faz com se sinta fraco (a), desesperançoso (a), perdido (a), indeciso (a), angustiado (a) ou ansioso (a), entre outras possibilidades. Entretanto, eles estão ligados basicamente a dois motivos:

1-) Questões Afetivas: nessa perspectiva, entendo que são as relações mais próximas que temos com pessoas específicas: namorado (a), marido, esposa, mãe, pai, irmão (ã), filho (a), amigo (a), colegas e parentes em geral. O que se apresenta são conflitos relacionados a estas pessoas e que trazem intenso sofrimento.

2-) Questões de Trabalho: tudo que envolve assuntos ligados a estudo, emprego, negócios, finanças, tipo de atividade laboral e quantidade de trabalho. Geralmente são insatisfações, indecisões, dificuldades financeiras, falta de perspectivas profissionais, sentimento de inadequação em relação aos cursos realizados, entre outros.

CIRCUNSTÂNCIA 2 - PSICOPATOLOGIAS:

Psicopatologias são doenças mentais e/ou de comportamento. Podemos destacar, entre elas, Depressão, Ansiedade generalizada, Fobia, Síndrome do Pânico, Transtorno obsessivo-compulsivo, Transtornos alimentares como Builimia e Anorexia, Drogadicções etc. É possível que você tenha uma série de sintomas físicos e psicológicos que podem, perfeitamente, serem originados por dificuldades emocionais no dia-a-dia. Chegando nesse estado, muitas vezes, é necessário acompanhamento médico em conjunto com o trabalho de psicoterapia.

CIRCUNSTÂNCIA 3 – BUSCA DE AUTO-CONHECIMENTO:

Você geralmente não se enquadra em nenhuma das situações descritas acima. É uma pessoa que quer ter um espaço aonde possa debater, com um interlocutor, que julga consistente técnica e teoricamente, assuntos que consideram importantes para si. Você não está em busca de tratamento, mas, sim, de aprimoramento.

ESCLARECIMENTO FINAL:

É importante esclarecer que, a grande maioria (cerca de 70%) das pessoas que nos procuram, fazem-nos por questões de ordem afetiva ou de trabalho. Em torno de 25% dos que solicitam nossos serviços se enquadram na categoria de psicopatologias. Apenas 5% das pessoas que nos procuram, buscam acompanhamento psicológico para a realização de auto-conhecimento, sem estar em momentos de crise ou sofrimento psicológico. Pensamos que, se as pessoas buscassem realizar com mais freqüênci, esse tipo de auto-conhecimento, provavelmente evitariam chegar a estados de perturbação mental mais agudos. 

Amigo (a) visitante, depois de você entender alguns dos motivos que podem levá-lo (la) a nos procurar, gostaria de convidá-lo (la) para uma visita ao link "FAZER TERAPIA – O que é isso?", para que possa entender, com clareza, nossa forma de trabalho. Ou seja, como compreendemos funcionar um trabalho de psicoterapia, assim como, todas as questões envolvidas neste processo.

Informamos que não atendemos por convênios ou planos de saúde


Gráfico


CIRCUNSTÂNCIA 1 Total de 70%
CIRCUNSTÂNCIA 2 Total de 25%
CIRCUNSTÂNCIA 3 Total de 5%

Todos direitos reservados ao Núcleo de Psicologia Douglas Amorim

Avenida Afonso Pena 3130 - Sala 201 - Funcionários - Belo Horizonte/MG

Desenvolvido por Show Site Comunicação